Subscribe:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Bons tempos...

... das tirinhas do Scar.

por: Gustavo D.

Imagem [32]

LEIA ISSO(?) POTTER!
FUUUUUUUUU

por: Gustavo D.

É, são eles

O que uma caracterização não faz?

por: Gustavo D.

Personagens [20]

Depois de um tempinho sem postá-los.. aqui estou eu novamente com os personagens:

                                                                                                               Imagem by Makani

Remo João Lupin (Remus John Lupin) era um lobisomem. Em Hogwarts, pertencia à Grifinória e era monitor de sua casa. Remo pertencia à Ordem da Fênix. Foi um dos quatro Marotos e foi o último deles a morrer. Remo era casado com Ninfadora Lupin; eles tiveram um filho, Ted.

Remo foi mordido por Fenrir Greyback quando era criança, devido a uma rixa entre Fenrir e o Sr. Lupin, e se tornou um lobisomem.

Apesar disso, Alvo Dumbledore concordou em deixá-lo estudar em Hogwarts, e tomou precauções para que Remo não ferisse ninguém nas noites de lua cheia: o Salgueiro Lutador foi plantado sobre uma passagem secreta que levava à Casa dos Gritos, local a que Remo ficava confinado enquanto estava na forma de lobisomem. Dumbledore espalhou rumores de que a Casa dos Gritos era um local assombrado, o que garantiu que os moradores de Hogsmeade não entrassem na casa.

Na escola, Remo conheceu três Grifinórios de seu ano, que viriam a se tornar seus melhores amigos: Tiago Potter, Sirius Black e Pedro Pettigrew. Os quatro formaram um grupo que se denominava "Marotos". Após o quinto ano dos meninos, eles adotaram apelidos relativos à forma animal de cada um: Aluado (Remo), Rabicho (Pedro), Almofadinhas (Sirius) e Pontas (Tiago).

Os Marotos exploraram a fundo o castelo de Hogwarts, principalmente com a ajuda da Capa da Invisibilidade de Tiago; esse conhecimento foi utilizado para a confecção do Mapa do Maroto.

Remo foi escolhido monitor em seu quinto ano. Os professores esperavam que ele conseguisse exercer algum tipo de controle sobre Tiago e Sirius, mas ele não era capaz de fazê-lo. Ambos tinham uma grande implicância com Severo Snape, o que acabou levando a um incidente em que Sirius revelou a Snape como passar pelo Salgueiro e Severo quase foi atacado por Remo durante a lua cheia. Dumbledore fez Severo prometer que não revelaria a verdade sobre Remo a ninguém.

por: Gustavo D.


Sempre ♥

por: Gustavo D.


FANART

Amo essa :D

por: Gustavo D.

Musiquinha do mal ^^

Ja havia visto isso em algum lugar, mas adorei a dica da Alice ^^

O George sem Fred

O George sem o Fred
O Draco sem o Crabbe
Sou eu assim sem você
O Denis sem o Colin
Os elfos sem o Dobby
Sou eu assim sem você

Porque teve que ser assim
Porque teve que ter um fim
Um livro a todo instante
Nem mil cartas berrantes
Vão poder falar por mim
A Cissa sem a Bella
Canino sem cadela
Sou eu assim sem você

Hogwarts sem Marotos
Poções sem o Ranhoso
Sou eu assim sem você
To louco pra te ver jogar
To louco pra erguer as mãos
E ver o adversário
Tomar um bom balaço
Rebatido pelo bastão
Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu vou pra Hogwarts pra poder te ver
Mas os Testrálios tão de mal comigo
Porque?

A Gina sem o Harry
Victorie sem o Teddy
Sou eu assim sem você
Rony sem Mione
Sinistro sem Trelawney
Sou eu assim sem você

Porque teve que acabar
J.K. tem que continuar
Um Harry Potter 8
Ou livro dos Marotos
Epílogo maior já dá
Estou sozinho sem um HP
A solidão é o meu pior castigo
Sem livro novo vou ter que reler
Mas não faz mal eu gosto mesmo é disso
Porque?
.
Confira o video abaixo:
.

Agradecimentos à nossa leitora leitora: Alice Sanchotene


por: Gustavo D.

Imagem


por: Gustavo D.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Videozinho do Capeta

Adorei isso. A mãozinha do Dumbie hmmm.

Agradecimentos ao nosso leitor: Geovane D. Oliveira


por: Gustavo D.

O tempo passa #6


por: Gustavo D.
"Hogwarts, Hogwarts, Hoggy Warty Hogwarts..."

por: Gustavo D.

FANART


por: Gustavo D.

"Relíquias da Morte - Parte 1" chega aos US$ 610 milhões em apenas nove dias!

Como viemos noticiando, mesmo sem a versão tridimensional e alguns concorrentes supostamente de peso, o filme "Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 1" está indo muito bem em suas bilheterias por todo o mundo.
Estando em cartaz em 4.125 salas de cinemas convencionais e com a nova tecnologia cinematográfica IMAX, há exatamente nove dias (contando até domingo), "Relíquias da Morte - Parte 1" já se aproxima da bilheteria obtida por "Harry Potter e o Enigma do Príncipe" em suas primeiras duas semanas em exibição, que foi de US$ 628,1 milhões.

Os números oficiais divulgados pela Warner Brothers Pictures até o dia 27 de novembro, último sábado, somam um total de US$ 609,6 milhões, o que é muito significativo numa época em que os filmes que mais lucram são os que possuem versão em 3D, tornando-o o filme mais visto num Dia de Ação de Graças e no fim de semana que o sucedeu.

O mais animador é que se o ritmo de arrecadação nos Estados Unidos e no resto do mundo continuar tão bem assim, "Relíquias da Morte - Parte 1", já na 56ª posição no ranking mundial, pode chegar a 1 bilhão de dólares já no mês de janeiro, pois o público alvo estará de férias.

Além disso, foi divulgado um quadro comparativo das rendas e recordes batidos por todos os filmes da série. Confira:

Obrigado ScarPotter!

por: Gustavo D.

domingo, 28 de novembro de 2010

OG GIFS

Hoje separei algumas gifs do titio Voldie pra vocês :D


Hadouken

euri disso

É ele, acreditem ^^


Imagina o bafo hálito da criança


AVADA KEDAVRA

Que dupla eim?... (notaram que o Voldie não mata ele? acho que foi uma forma de mostrar respeito)



por: Gustavo D.

Personagens [19]

                                                                                                                Imagem by Makani

Alastor "Olho-Tonto" Moody (Alastor "Mad-Eye" Moody) — recebeu esse apelido porque tem um olho mágico que pode ver através de paredes, a própria nuca e capas de invisibilidade, é ex-auror, ex-funcionário do Ministério da Magia e pertence as duas versões da Ordem da Fênix. Em 1993 é contratado como professor de Defesa Contra as Artes das Trevas. Olho-Tonto morreu em 1998 durante a missão de transportar Harry Potter da casa dos Dursley.

É irônico perceber que as informações que temos sobre Alastor Moody foram descobertas através de alguém que se fez passar por ele, junto com outras contadas pelos colegas e amigos. O verdadeiro Moody praticamente não fala nada sobre si mesmo. Sabemos que ele foi Auror e membro da Ordem da Fênix nos anos 70. Nessa época ele já tinha uma certa idade e seu cabelo aparece cinzento no retrato tirado no final dos anos 70. Portanto podemos imaginar que ele estivesse com seus cinqüenta anos na época. Isso significa que ele está se aproximando dos setenta anos no final do quinto livro.

Então Moody provavelmente estudou em Hogwarts no final dos anos 30 e deve ter estudado na mesma época que Tom Riddle e Rúbeo Hagrid. Deve ter sido um aluno excelente para conseguir se tornar Auror.

Moody ficou famoso nos anos 70 quando preferiu lutar com os comensais da morte e prendê-los do que usar Maldições Imperdoáveis mesmo estando autorizado a usá-las. A maior parte de seus ferimentos e cicatrizes são resultado dessa atitude, mas sua bravura fez com que ele conseguisse prender um bom número de seguidores de Voldemort. Claro que ele sendo um grande bruxo e um Auror altamente qualificado, sabia se defender muito bem. Ele vê tudo com seu olho mágico, tem duas capas de invisibilidade (uma delas foi pega com Estúrgio Podmore e não foi devolvida), um baú mágico, um espelho dos inimigo (que agora está quebrado na Sala Precisa), um Sneakoscope, e um Sensor de Segredos.

Depois da queda de Voldemort, Moody se aposentou. Talvez por sua própria escolha ou talvez de maneira forçada. Embora fosse um Auror brilhante e dedicado, conforme foi ficando mais velho ele foi ficando mais e mais paranóico. Começou a ver perigo em todo canto e passou a atirar primeiro e perguntar depois. A maior parte do tempo de sua aposentadoria correu em paz mas, as vezes ele arrumava alguma confusão explodindo coisas, felizmente nada de mais e nem de muito freqüente. Então sua vida transcorreu em paz até 1994.

Este é um período em que Moody passa a suspeitar de tudo e de todos à sua volta, seu olho mágico fica constantemente em ação procurando o perigo. Ele só bebe de sua própria garrafa e teme que queiram envenená-lo. Desconfia de toda comida, mesmo feita pelos amigos. Foi durante o ano de 1994 que ele recebeu o chamado de seu antigo mentor da Ordem da Fênix, Alvo Dumbledore.

Moody cumpria serviços para a Ordem constantemente e acabou falecendo na migração de Harry da casa dos Dursley para A Toca . Seu corpo nunca foi encontrado, somente seu olho, que não parava de girar, foi encontrado algum tempo depois por Harry na sala de Dolores Umbridge. Harry leva o olho magico e o coloca em uma árvore nume floresta

por: Gustavo D.

Imagem [31]

Eu sempre rio dessas imagens ^^ ~~adoro trocadilhos~~

por: Gustavo D.

Diva ♥

por: Gustavo D.

Imagem


por: Gustavo D.

sábado, 27 de novembro de 2010

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Ralph Fiennes revela sua dificuldade ao suportar a maquiagem de Voldemort


O renomado ator britânico Ralph Fiennes, que interpretou o personagem Voldemort em Harry Potter, revelou em recente entrevista ao site AceShowbiz o quanto é difícil ter que se transformar em seu personagem, tendo tanta maquiagem para colocar durando muito tempo parar por e tirar.

Ralph ainda fala de algumas situações difíceis por quais passou, tanto nos sets de filmagens, quanto nas pausas para almoços ou lanches.

"Foi muito difícil porque (...) eu não podia ter um intervalo daquela situação. Além das próteses faciais, meu personagem ainda tinha uma carreira de dentes falsos. Quando todos tinham uma pausa para o lanche, eu não podia comer. [...] Ao menos eu podia urinar (...), eles deixaram um espaço na minha roupa para que eu pudesse tirar 'meu amigo' para fora."

Além disso, em entrevista ao MTV News, Fiennes ja havia falado um pouco do perfil do personagem:

“Você tem que ter a totalidade da sua maldade em mãos. Ele é como o diabo. [...] Isso ajuda a entender quem você está interpretando. Você se olha no espelho, vê aquele rosto e diz ‘eu sei quem eu sou’.”

Obrigado ScarPotter!

por: Gustavo D.

O Conto dos Três Irmãos - As Relíquias da Morte


Se, como nós, você correu pela sua primeira leitura de “O Conto dos Três Irmãos” no seu caminho ao final de todos os finais, então você perdeu um grande conto (aquele que pensamos poder estar entre o melhor de Esopo). Sorte sua, você pode abrir a sua cópia de Harry Potter e as Relíquias da Morte no Capítulo Vinte e um e o ler a qualquer hora. Se você ainda não leu o livro final da série de Rowling (e que festa você tem a sua frente), você talvez não queira ler esse resumo… ainda. Se dê uma chance de ler primeiro o contexto do conto. Você não vai se desapontar.

Um grupo de três caveiras dentuças fita o leitor no topo do último dos cinco contos (oh como desejamos que houvesse dúzias mais). A caveira ao meio tem esculpido um símbolo na sua testa – uma linha vertical em um círculo, cercado por um triângulo. Os fãs vão lembrar-se deste símbolo do desenho de Mary GrandPre na primeira página do capítulo. Embaixo do texto está uma pilha de tecido, sobre a qual está uma varinha (soltando uma corrente de faíscas), e o que parece uma pequena pedra.

Esse sombrio conto sobre três irmãos, três escolhas, e três diferentes destinos pede para ser lido em voz alta — na verdade, a primeira vez que encontramos os três irmãos é quando Hermione lê o conto para Harry e Rony (e Xenofílio). Três irmãos viajando por uma estrada deserta “ao crepúsculo” (meia-noite, segundo a versão da história da senhora Weasley) chegam a um rio “traiçoeiro” que eles não podem cruzar. Bem versados em magia, eles criam uma ponte com um movimento de suas varinhas. A meio caminho eles são parados por uma “figura encapuzada”. A Morte está brava e diz aos irmãos (em um momento engraçado de Relíquias da Morte, Harry interrompe a história aqui “Desculpe, mas a Morte falou com eles?”) que eles a enganaram de “novas vítimas” já que as pessoas normalmente se afogam quando tentam cruzar o rio. Mas, a Morte é astuta e oferece uma recompensa a cada um deles por ser bastante inteligente para “escapar dela” (para aqueles interessados nos mínimos detalhes, a nossa cópia. Nosso conto de fadas favorito tem essa coisa de “escolha seu destino”—você pode aprender muito de um personagem por uma escolha, e as melhores histórias, como essa, muda completamente de rumo e termina de um modo que você nunca esperaria.

O irmão mais velho, um “homem combativo” pede a varinha mais poderosa já criada–uma varinha que ganhará cada duelo do seu proprietário, um mérito a um bruxo que “conquistou a Morte”. Então a Morte cria a varinha (fatídica) da “árvore de Sabugueiro” (capitalizado na nossa cópia) e dá-a ao vaidoso, briguento irmão. O segundo irmão, um “homem arrogante” que é determinado a evitar a Morte futuramente, pede o poder para trazer os outros da Morte. Pegando uma pedra do chão, a Morte diz ao irmão que ela tem o poder de trazer de volta da morte. O irmão mais novo, o mais humilde e sábio dos três, não “confiou na Morte” então ele pede algo que permitisse que ele partisse sem ser “seguido pela Morte.” Sabendo que ela talvez tenha sido superada em esperteza, a Morte, entrega a “sua própria” capa de invisibilidade de má vontade. A escolha de cada irmão revela muito sobre suas motivações: o irmão mais velho quer a Varinha das Varinhas para se fazer poderoso acima de todos; o segundo irmão quer ter poder acima da Morte; e o irmão mais novo quer deixar a Morte seguramente atrás dele.

[Alerta de Spoiler!] Eventualmente os irmãos pegam seus presentes e seguem caminhos separados, tendo destinos muito diferentes. O primeiro viaja a uma “certa vila” (“distante” no Livro 7) e vai ao encalço de um bruxo com quem ele já havia lutado para desafiá-lo a um duelo que ele “não iria perder”. Após matar seu inimigo, ele se retira para uma estalagem onde se exibe com a Varinha das Varinhas, como ele ganhou-a da “própria Morte”, e como ela o faz todo-poderoso. Aquela noite, um bruxo anda sorrateiramente até o irmão mais velho e rouba a varinha, cortando a garganta do irmão “por uma boa medida”. A caçada refreia, onde Rowling descreve a Morte tomando o irmão para “si própria”, ajuda tanto a ancorar a história como um conto de alerta que ensina uma lição sobre a inevitabilidade da morte. Uma das mensagens mais importantes desse conto, e desse irmão em particular, é a noção de usar o poder para o bem (aviso que Rowling segue a risca).

O segundo irmão chega a sua casa vazia, onde ele vira a pedra “três vezes sobre sua mão” (o texto no Livro 7 omite “sobre”), usando-a para “chamar os Mortos” (capitalizado na nossa cópia). Ele fica emocionado ao testemunhar o regresso da moça com a que ele uma vez quis casar, contudo ela é “silenciosa e fria” (“triste” no Livro 7) e sofre porque ela não pertence mais ao “mundo dos mortais”. Desesperado e cheio de “desejo sem esperança” o segundo irmão se mata para que ele possa juntar-se a ela, permitindo que a Morte reconquiste a sua segunda vítima.

O irmão mais novo usa a “Capa de Invisibilidade” (até aqueles que não leram o Livro 7 sabem que isso pode ser mais do que um conto de fadas afinal) para se esconder da Morte, até uma “idade muito avançada” ele a tira e a da para seu filho. Então, ele cumprimenta a Morte “alegremente” e “como um velho amigo” parte “desta vida”. Um satisfatório final para esse conto—ele ainda é um soco depois da segunda leitura. Simples, poderoso, e pungente, “O Conto dos Três Irmãos” introduz teorias sobre o uso e abuso do poder (também forte na série) e compartilha importantes mensagens sobre vida e morte. Há muitos modos dos quais este conto informa e realça sobre Harry Potter e as Relíquias da Morte (os curiosos devem reler o capítulo trinta e cinco, “King’s Cross” e discutir), mas o nosso favorito é destacado pela mensagem que o próprio Dumbledore comunica a Harry sobre a aceitação da Morte e abraçar a vida: “Não tenha pena dos mortos, Harry. Tenha pena dos vivos, e acima de tudo, aqueles que vivem sem amor.” O irmão mais novo não tentou enganar a Morte ou fazer dano a outros com seu poder; ao invés disso, ele usou seu presente para viver simplesmente e sem medo da Morte, então no fim de uma longa e feliz vida, ele foi capaz de ir de modo disposto deste mundo.

É um testamento verdadeiro ao talento de Rowling que os seus contos de fadas transportem uma mensagem tão forte, mas nunca apareçam como sermões ou publicamente didáticos (isso vai em dobro para seus livros, e é parte por isso que eles são tão especiais). Os Contos de Beedle, o Bardo comunicam várias das mesmas lições que a série Harry Potter, e as histórias reverberam com o aviso de Dumbledore sobre a escolha do que “é certo e o que é fácil”. Se ela está avisando contra arrogância e ganância, revelando a responsabilidade que vem com o poder imenso, ou exaltando a importância de amor e fé em cada um, a imaginação ilimitada de Rowling e a habilidade na narração de histórias mantém os seus fãs leais (jovens e velhos) voltando para mais, ainda mais ansiosos para a lição seguinte.

Resenha por Daphne Durham da Amazon.com
Tradução por Raquel Monteiro (Equipe de Tradução Potterish.com)



Veja filme que a gurizada da Armada de Hogwarts fez contando a história dos três irmãos: Parte 1 | Parte 2

por: Gustavo D.

Imagem

RIALTO DISSO

por: Gustavo D.
Oi crianças.
Ontem o OG esteve jogado às traças. Peço que perdoem-me.
Bem, voltando ao normal hoje. Ja postei o novo banner de novembro, agradeço aos que votaram (alguns pelos comentários e outros pelo msn) e prometo que em breve os banners da Ruta voltam.

por: Gustavo D.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

OH MERLIN! FEITIÇOS DE PROTEÇÃO PARA O RIO DE JANEIRO PLEASE!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

The best


Toby Regbo | Jamie Campbell Bower | James&Oliver Phelps | Freddie Stroma | Tom Felton | Daniel Radcliffe | Rupert Grint | Matthew Lewis | Jason Issacs | Gary Oldman | Ralph Fiennes | Alan Rickman | Frank Dillane | Sean Biggerstaff | Christian Coulson | Nick Moran



Emma Watson | Bonnie Wright | Evanna Lynch | Clémence Poésy | Helena Bonham Carter | Helen McCrory | Jessie Cave | Katie Leung | Scarlett Byrne | Emma Thompson | Afshan Azad | Maggie Smith

J.K ROWLING <3

por: Gustavo D.

Personagens [18]

                                                                                        Imagem by Makani

Sirius Black III pertencia a Grifinória e era o melhor amigo de Tiago Potter. Foi nomeado padrinho de Harry Potter, mas dele não pôde cuidar (quando o garoto ficou órfão) porque foi injustamente acusado de matar os pais de Harry, além do bruxo Pedro Pettigrew e de mais doze trouxas. Por tais crimes, foi acusado de ser seguidor de Lord Voldemort, e trancafiado em Azkaban durante 12 anos. Foi o primeio a conseguir fugir da prisão.

Sirius pertencia a uma tradicional família de bruxos sangue puro. Ele e a sua prima Andrômeda foram os únicos Black viventes a não apoiarem Lord Voldemort. O seu irmão, Régulo, era um Comensal da Morte, porém, desiludiu-se com Voldemort após este demonstrar um imenso descaso com o elfo doméstico Monstro.

Os Black viviam no Largo Grimmauld número doze, local onde Sirius viveu toda a sua vida, e algum tempo após sair da prisão de Azkaban.

Em Hogwarts, Sirius era o melhor amigo de Tiago Potter e um dos principais causadores de problemas na escola. Vivia revoltado com a família, que dava grande importância ao sangue puro que tinham. Fugiu de casa para morar com Tiago, tendo o seu nome "queimado" na árvore genealógica da família, que se encontrava numa sala na casa dos Black.

Sirius, Tiago Potter, Remo Lupin e Pedro Pettigrew formavam um grupo denominado os Marotos. Sirius, Tiago e Pedro tornaram-se animagos durante seu tempo em Hogwarts para que pudessem acompanhar Lupin na Casa dos Gritos quando este se tranformava em lobisomem. Sirius, e principalmente Tiago, possuíam uma grande rivalidade com Severo Snape.

por: Gustavo D.
"Ele é como o Diabo." (By Ralph Fiennes)

por: Gustavo D.

Imagem


por: Gustavo D.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

OMG...

...Snape bronzeado eim? kkkk' euri.
por: Gustavo D.

Personagens [17]

 
                                                                                                           Imagem by Makani

Molly  Weasley, Molly Prewett quando solteira, e seus irmãos faziam parte da Ordem da Fênix tendo eles sido citados como Gideão e Fábio Prewett, que foram mortos na mesma época que os pais de Harry. Por isso, quando ela enfrenta o bicho-papão, demonstra que o seu maior medo é perder algum de seus entes queridos. Molly é uma mãe zelosa, mas severa diante do mau-comportamento de sua família. Gosta de Harry como se fosse seu filho, é uma esposa preocupada e gosta de ser chamada pelo marido de Moliuóli (euri).

Na batalha de Hogwarts, quando Belatriz Lestrange erra por pouco uma Maldição da Morte em Gina A MINHA FILHA NÃO, SUA VACA!, ela luta com a Comensal da Morte até matá-la.

Tinha uma certa implicância com Sirius Black por achá-lo irresponsável e detesta Mundungo Fletcher porque ele além de ladrão não tem juízo nenhum.

por: Gustavo D.

“Snape was a Slytherin and he was probably the bravest man I ever knew.”

por: Gustavo D.

Novo Banner do OG

Olá pessoas.
Bem, uma das marcas registradas do OG são os nossos banners de cabeçalho. Eles são trocados seguidamente, têm uma seção só para eles e já recebemos diversos elogios sobre eles. A arte de fazer banners (na qual eu ainda sou um mero aprendiz) é um dos dotes da Ruta, mas ultimamente ela está meio desligada do blog (sacomé final de ano). Então me vejo obrigado a fazer os banners (quando alguém não me manda um). Só que tenho um pequeno problema (na verdade um grande  socorrrr), nunca gosto do que faço e, acreditem, é uma grande superação eu postar aqui no OG (kkk'), porque nunca gosto dos meus posts. Mas ok, o fato é que... eu preciso da ajuda de vocês para o novo banner do OG, que postarei na Sexta.

Vejam:

~~Clique na imagem para ver em tamanho real~~

 Opção 1

Opção 2

** eu sei que não ficaram bons... mas fazer o que... em breve a Ruta volta (: **

Bem, gente deixem a resposta de vocês nos comentários, ajudem-nos (;

por: Gustavo D.

Imagem

OH MERLIN, RIALTO DISSO.

por: Gustavo D.

Diretor da animação do “Conto dos Três Irmãos” de HP7: Parte 1 escalado para remake de Peter Pan


A animação do “Conto dos Três Irmãos” impressionou os fãs no mundo todo, durante a narração feita pela personagem Hermione Granger (Emma Watson) em Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1. A inovação foi trazida pelo diretor Ben Hibon, que acabou de ser anunciado para dirigir uma nova superprodução de Hollywood.

O design rústico, os traçados de alta qualidade e o mistério explorado na animação mágica foram os ingredientes necessários para causar no fã a necessidade de rever o momento da narração. A história das Relíquias da Morte foi tão bem produzida que marcou os fãs da série Harry Potter por introduzir um modo diferenciado de representação nos filmes Harry Potter.

Ben Hibon agora está encarregado do remake Pan, que tem na direção Guillermo del Toro. Numa versão sombria de Peter Pan, o Capitão Gancho é um assombrado ex-investigador policial que persegue um sequestrador de crianças.

Harry Potter 7: Parte 1 chega ao mercado em Blu-ray/DVD em março do próximo ano.

Obrigado Oclumência!

por: Gustavo D.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Retorno, HP7-1, EP Pós RdM e Waka Waka

Olááá doçurinhas, voltei depois de um looooooongo tempo sem postar.. Bem, sobre HP7-1.. WARNER DO CAPETAA! Tinha que cortar TUDO? Cortaram o tabu, a história do Monstro, e tudo mais que no momento não me recordo.. Bem, eu esperava muito mais do filme, afinal, são 2 partes.. e, pra quem esperava à 3 anos, foi horrível. Partes importantes cortadas, quem não leu o livro se perdeu legalzin.. enfim, essa é a minha crítica, ou quase-crítica. Afinal, sou noob demais pra escrever uma crítica.
Bem, parabéns ao SA por ter feito um EP Pós RdM PER-FEI-TO (rs), e me mostrar que sou um trasgo burro perto de outras pessoas que sabem TUDO e mais um pouquinho da série. Mas o EP tava lindo! Perdi a conta de quantas pessoas tinham lá, mas foi o maior EP do SA né? Bem, parabéns, novamente.

Waka Waka? Masoq é isso ruta? Bem, navegando pelo mundo infinito do Sir. Google hoje, eu achei isso:


E achei LINDO! Esse Voldy, hein mostrando toda sua musculatura heinn çç E esses Comensais ali atrás, se requebrando! Mijei rindo disso KKK bem, saudações da querida /ounão/ ruta, e prometo aparecer mais por aqui..

por ana rita :3
mals a falta de posts meus, gente,
é que to em época de provas finais, e
se eu não passar, não viajarei nas férias.
e eu quero viajar euri
BEJOS NA BUXEXA DOÇURASSSSS

snape vc ainda é meu

SIGA-NOS

Olá caros amigos.
Agora estava eu aqui no OG, sem nenhuma inspiração para postar e quase morrendo de tédio, quando resolvi clicar no contador de pessoas online ali no cantinho. Me surpreendi com quantidade de gente que já nos visitou. O mapa do Brasil está repleto de pessoas que nos conhecem e sem falar nas visitas internacionais.

Vejam:

No momento do Print estavam online leitores de Bauru (São Paulo, Brasil), João Pessoa (Paraíba, Brasil), Pelotas (Rio Grande do Sul, Brasil), Rio Grande (Rio Grande do Sul, Brasil) e Mountain View (Estados Unidos).

Agradeço essas pessoas e as outras tantas que nos acompanham pelo Brasil e pelo mundo. Gostaria de mandar um alô especial aos nossos irmãos portugueses, que é outro pais apaixonado por Harry Potter, e é o nosso maior visitante depois do Brasil. Agradeço a todos vocês que nos acompanham e peço para que nos sigam, é fácil e rápido e isso é realmente importante pra gente.
Obrigado pessoal.

por: Gustavo D.

FANART

A TOCA
(Autor Desconhecido)

por: Gustavo D.

Personagens [16]

                                                                                Imagem by Makani

Arthur Weasley, nascido em 6 de Fevereiro de 1950, é incrivelmente entusiasmado com todas as coisas que envolvem Trouxas a ponto de declarar que seu objetivo na vida é descobrir como aviões permanecem no ar. Por causa desse hobby, o Sr. Weasley escolheu trabalhar na Seção de Mau Uso dos Artefatos dos Troxas no Ministério da Magia. Seu trabalho lhe permite explorar seu hobby, mas entre seu mísero salário e seus muitos filhos, os Weasleys têm dificuldade em manter o estilo de vida que outras famílias de bruxos mantem. Como resultado, seus filhos, especialmente os mais novos, frequentemente usam roupas escolares e livros de segunda mão. O Sr. Weasley às vezes não segue as leis pelas quais é responsável (como no caso do Ford Anglia, em que ele enfeitiçou um carro normal e quebrou algumas regras, mesmo que tenha ele mesmo providenciado uma brecha na lei que tornava inválido o "crime" se não houvesse intenção de usar o veículo.

Ele tem uma briga com Percy, filho mais velho que fica do lado do ministério e não de Dumbledore, mas, no sétimo livro, perdoa seu filho. Também tem uma rixa com Lúcio Malfoy que é pai de Draco Malfoy, grande rival de Harry.

No sexto livro, Harry Potter e o Enigma do Príncipe, ele torna-se o chefe da Seção para Detecção e Confisco de Feitiços Defensivos e Objetos de Proteção Forjados, garantindo um melhor salário, provavelmente.

por: Gustavo D.

Imagem

Eu sou pobre, então vi o Show do Paul McCartney na globo kk'
Euri da imagem.

por: Gustavo D.